Observação das Plantas e Preparação dos Florais de Bach no ano da Covid-19

O que será que podemos aprender a partir da observação das plantas, num momento em que o mundo passa pelo desafio do Coronavirus?

Todos os anos, o clima varia no Reino Unido. Este inverno foi pouco rigoroso e úmido e seguido de uma primavera bastante quente para a época e seca. Tenho tido dificuldades em saber em qual estação estamos. E isso tudo afeta as plantas e árvores. Tivemos ventos e tempestades bem fortes que levaram as folhas recém-nascidas das árvores – seria um sinal das mudanças climáticas? Ou uma alteração das Correntes do Golfo? Mas há também outros fatores que necessitam de uma cuidadosa observação por parte de quem prepara os florais. É claro que as condições físicas nos influenciam – assim como as condições emocionais, o nosso estado mental.

A preparação dos florais não é um processo mecânico, mas sim um processo que exige uma atenta análise de nós mesmos e do processo inteiro tanto para a planta quanto para a pessoa. Estamos todos conectados.

O fator mais impactante em 2020 é a instabilidade. O tempo mudou muito.

Durante o inverno, vivenciamos enchentes que destruíram as casas das pessoas e o início do processo de semeadura nas plantações. E como isso pode afetar os florais de Bach? E então tivemos o Coronavírus e a Covid-19 e o lockdown. E como isso pode afetar o ambiente em geral? A preparação dos florais exige um distanciamento calmo e com a mente em paz, mas se todos os pensamentos estiverem voltados para a pandemia, é um bom momento para preparar florais? Tentamos preparar as tinturas mãe sob perfeitas condições a qualquer momento. Céu azul sem nuvens é um fator, mas também precisamos estar calmos e com a mente em paz.

Voltando à observação das plantas: algumas das primeiras árvores simplesmente não produziram flores este ano em nenhum momento. Ou, se produziram, foram fracas e variaram muito.

Vi poucas evidências de Elm e Aspen. Cherry Plum tentou três vezes florescer, com muito esforço, mas todas as vezes o vento forte e a chuva torrencial destruíram as árvores em diversos lugares. Aqui na Healing Herbs não conseguimos preparar este floral este ano. Um pouco depois esperei que Larch florescesse. Porém, pela primeira vez na vida, que eu me lembre, não vi flores nas árvores de Larch.

Árvore Larch

O que podemos concluir? Existe alguma conexão entre as árvores que estão florescendo e o estado mental do mundo em geral? Eu me pergunto o que o Dr. Bach diria a respeito de tudo isso.

Podemos imaginar como e quando retomaremos a confiança novamente (que é o que Larch nos oferece) dadas as enormes incertezas neste momento tanto aqui quando no restante do mundo. Na Healing Herbs temos a sorte de contar com tinturas mãe preparadas em anos anteriores, o que vai nos ajudar a atravessar esses tempos tão difíceis.

Quando as tempestades passaram e de repente chegou um clima tão seco, quente e ensolarado, vivenciamos um enorme contraste. E que impacto isso teve? Water Violet floresceu com mais força do que antes já que desfrutou do inverno e da umidade, e cresceu com muita alegria nos lagos. É possível fazer alguma ligação entre o isolamento do lockdown adotado no Reino Unido e o feliz isolamento que costuma ser típico daqueles que são do tipo Water Violet? Bach colocou Water Violet no grupo da Solidão, juntamente com Impatiens. Por outro lado, por causa da primavera seca e do verão antecipado, Impatiens sofreu bastante este ano. Normalmente é uma planta dominante e invasora, mas notei que ela lutou para manter o seu lugar no mundo. E em algumas áreas Impatiens tem sido atacada por ser uma planta estrangeira e sem direito de viver na Grã-Bretanha. Ela está sendo pulverizada com um controle biológico (fungo da ferrugem) por não ser considerada uma planta nativa do Reino Unido. É interessante notar como a intolerância pode ser aplicada tanto às plantas como às pessoas. Beech também lutou bastante este ano – em muitas árvores, não houve nenhuma flor. Nenhuma.

E quem se saiu melhor neste ano tão difícil em que a nossa liberdade foi colocada em jogo tão gravemente? Talvez Centaury, que está florescendo, exatamente agora, com força em alguns lugares. Podemos olhar um por um dos 38 Florais de Bach e analisar as informações colhidas na observação das plantas. Honeysuckle floresceu bem, mas a temporada acabou muito depressa. A mesma coisa aconteceu com Wild Rose, que floresceu antes do tempo. Hornbeam foi outra árvore que não floresceu – pelo menos eu não vi, embora seja bem instável e independente. White Chestnut floresceu bem, mas, de novo, a temporada acabou muito depressa.

A julgar pelas hastes que estão brotando, este ano promete ser um grande recorde para Sweet Chestnut. Talvez precisemos muito disso!

Para o topo