Cherry Plum: Com medo de perder o controle e enlouquecer?

“De nossa parte, precisamos praticar a paz, a harmonia, a individualidade e a firmeza de propósito e desenvolver cada vez mais o conhecimento de que, em essência, somos de origem Divina, filhos do Criador, e temos dentro de nós, para desenvolver, o poder de atingir a perfeição.”

Coletânea de Escritos de Edward Bach, página 177

Do que se trata?

Quem nunca aqui passou por aqueles momentos em que se está a ponto de cometer uma loucura, correndo o risco de ter uma atitude impensada da qual vai se arrepender depois?

Cherry Plum é a essência ideal para esses momentos: ela nos ajuda a resgatar a serenidade e a estrutura emocional necessárias.

Planta

A essência de Cherry Plum é preparada a partir das flores e galhos da planta. Considerando o estado emocional que ela aborda, parece evidente que a flor teria que ser branca, para nos fazer reconectar com a paz e serenidade mental, não é?

Curiosidade

Diz a história que antes de descobrir essa essência, o Dr. Bach sentira fortes dores, devido a uma inflamação nos seios da face. Ele estava a ponto de enlouquecer. Saiu desesperado em busca de algo que pudesse ajudá-lo em sua aflição. O desconforto físico não era a base para o remédio, mas sim o sentimento que ele teve em relação à dor: o medo de perder o controle. E foi assim que essa essência foi descoberta.

Grupos

Cherry Plum  faz parte do grupo dos 19 Complementares, ou seja, é um estado que corresponde a respostas emocionais a eventos traumáticos.

Conheça outras essência do Grupo 2 – Medo

Essência Eu sinto Eu busco
Mimulus Timidez e medos comuns (de adoecer, avião, bichos, escuro…)
Ousadia para enfrentar meus medos
Rock Rose Terror e pavor
Coragem e clareza mental
Aspen Medos inexplicáveis e pressentimentos ruins
Estabilidade e confiança
Cherry Plum Medo de perder o controle e cometer uma loucura
Uma mente calma e serena
Red Chestnut Medo de que algo ruim aconteça aos outros Acreditar no bem-estar alheio

“Todo o medo deve ser eliminado; ele nunca deveria existir na mente humana, e somente é possível quando perdemos de vista nossa Divindade.” 

Dr. Edward Bach

Para o topo