Pine: De onde vem tanta culpa?

Não podemos permitir que pensamentos sobre os erros do passado nos deprimam; eles já passaram e já terminaram, e o conhecimento assim obtido irá nos ajudar a não repeti-los. Precisamos seguir em frente e para o alto, sem nos arrependermos e sem olhar para trás, pois o passado – mesmo que seja apenas uma hora – já ficou para trás e o glorioso futuro está à nossa frente, com sua luz radiante.

Coletânea de Escritos de Edward Bach, página 180

Do que se trata?

Você já se viu em uma situação em que acumulava muitas responsabilidades, inclusive aquelas que não eram suas, e apesar da limitação física devido ao cansaço, continuava lutando sem se render à fadiga e à dor?

Pois é, você, provavelmente, estava neste estado de Oak.

Pessoas que passam por isso, chegam a ficar bravas quando doentes, pois se recusam a parar. A dificuldade delas é saber se impor limites.

Planta

Este é uma condição emocional que se desenvolve no tempo, ou como em certos eventos traumáticos ela permanece oculta na memória para ser trazida à superfície anos mais tarde.

O Dr. Bach foi muito claro quando descreveu pessoas neste estado emocional:

 “Para aqueles que se culpam. Mesmo quando têm sucesso, eles pensam que poderiam ter feito melhor e nunca estão contentes com seus esforços ou resultados. Eles trabalham duro e sofrem muito com a culpa que se auto empregam. Algumas vezes, quando há algum erro, eles reivindicarão a responsabilidade, mesmo se este for devido a uma outra pessoa.”

Coletânea de Escritos de Edward Bach, página 68

Já se sentiu assim?

Grupos

Pine faz parte do grupo dos 19 Complementares, ou seja, é um estado que corresponde a respostas emocionais a eventos traumáticos.

ESSÊNCIA EU SINTO EU BUSCO
Crab Apple Aversão a mim mesmo e às impurezas do ambiente
Melhorar minha autoestima e ver as coisas como são
Elm Que meu fardo é maior do que posso suportar
Força para cumprir minha missão
Larch Que não sou capaz e penso que vou fracassar
Confiança na minha capacidade de realizar
Oak Que luto sem parar e ignoro meus limites
Equilíbrio entre a obrigação e o prazer
Pine Culpa e arrependimento
Perdoar-me e aceitar meus erros
Star of Bethlehem Que não consigo superar meus traumas
Resgatar a paz e aliviar minha angústia
Sweet Chestnut Angústia profunda e abandono
Renascimento e transformação
Willow Amargura e ressentimento
Reagir de maneira positiva e responsável aos fatos

Então, nesse grupo, encontraremos essências que nos ajudam a resgatar a autoconfiança, o perdão, a autoestima, o consolo, pois como ele mesmo disse:

“Ninguém jamais deve perder a esperança de ficar bem.”
Dr. Edward Bach

Para o topo